Follow by Email

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Estrias parte II- Tratamento

O tratamento depende do tipo, da quantidade e da localização das estrias. Além disso, a cor e a espessura da pele, assim como o perfil psicológico da paciente devem ser analisados.
O método mais usado é o uso de ácido retinóico a 0,1%, a noite nas áreas de estrias, de preferência, alternando com um bom creme hidratante. Melhora o aspecto tanto de estrias recentes (vermelhas) como estrias antigas. (leva teeeeempo, no minimo 3 meses).
Quando a estria ainda é vermelha e inicial podem ser usados o tratamento domiciliar com ácido retinóico a 0,1% isolado ou associado ao laser, ou a luz pulsada, para melhorar a cor e a textura. O tom da pele fica entre 30 e 80% mais uniforme e as estrias tornam-se mais finas. Necessárias 4 a 8 sessoes com intervalos de 1 mes. Deve-se evitar exposição solar.
Os peelings químicos com ácido retinóico, ácido glicólico ou ácido tricloroacético ou a dermoabrasão, um peeling mecânico, atenuam as estrias brancas e superficiais. 

O eletrolifting, técnica que usa correntes elétricas, melhora a flacidez de estrias brancas e largas.
Subcisão é uma técnica empregada para estimular o processo de produção de colágeno. O procedimento consiste em anestesiar o local e, em seguida, introduzir uma agulha especial na pele que estimulem o local e acentuem o mecanismo de regeneração do tecido, havendo então maior produção de fibras. O resultado final será visto dois a três meses após quando a pele completou todo esse processo. A subcisão não deve ser repetida em períodos menores do que dois meses no mesmo local, pois ainda não seria possível avaliar os resultados.
Outra alternativa é o laser fracionado não ablativo, que age estimulando a producão de colágeno. Este método, ao ser aplicado sobre a pele, cria várias feridas microscopicas, que vão realizar renovacão superficial e profunda da pele. Em geral são feitas de 6 a 10 sessoes com intervalos de 1 mes.




2 comentários:

  1. Oii !
    Gostei muito do seu blog, tem umas dicas ótimas. Tomei durante 1 ano cortizona e me deu umas estrias enooormes, mas eu sempre desanimop pra fazer tratamento pqe juro que não consigo acreditar, rs. a não ser aqueles tratamentos que a gente sente uma dor absuuurda! Aí eu acredito, mas aí me falta coragem. =/ hauhaua
    Continue dando essas dicas ótimas aqui no blog que eu vou sempre tá dando uma olhadinha! :D
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Mayara, não desanime não, por menor que seja, sempre tem uma melhora, as estrias causadas por corticóide, geralmente são mais grossas, e podem responder bem com tratamentos a base de ácidos, tanto em casa como no consultório, procedimento, praticamente indolor, mas o tempo médio de tratamento é de 1 ano

    ResponderExcluir